Os números da Covid-19

Portugal com mais 11 mortes e 780 novos casos de covid-19 em 24 horas

Armando Franca / AP

Internamentos voltam a descer no último balanço da Direção-geral da Saúde.

Portugal contabiliza esta terça-feira mais 11 mortes e 780 novos casos de covid-19, segundo o relatório diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 17.925 mortes e 1.063.100 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando hoje ativos 32.598 casos, menos 1.036 em relação a ontem.

O boletim da DGS revela que estão internados 455 doentes, menos 16 do que ontem. Nos cuidados intensivos estão 78 doentes, menos 4.

Os dados indicam ainda que mais 1.805 doentes foram dados como recuperados, fazendo subir para 1.012.577 o número total de recuperados desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020.

As autoridades de saúde têm sob vigilância 29.413 contactos, menos 656 relativamente ao dia anterior.

As mortes ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo (4), na região Norte (2), na região Centro (1), no Alentejo (3) e no Algarve (1).

Relativamente às idades das vítimas, sete tinham mais de 80 anos, duas entre 70 e 79 anos, uma entre 60 e 69 anos e uma entre 50 e 59 anos.

Sobre a caracterização etária dos novos casos de infeção confirmados, é entre os 40 e os 49 anos (homens e mulheres) que se registaram mais casos, com mais 126 infetados nas últimas 24 horas. Seguem-se as faixas etárias entre os 30 e os 39 anos (123), entre os 20 e os 29 anos (117 novos casos) e entre os 60 e os 69 anos (70 novos casos).

A região de Lisboa e Vale do Tejo, com a notificação de 242 novas infeções, contabiliza até agora 411.295 casos e 7.660 mortos.

Na região Norte foram registadas 324 novas infeções por SARS-CoV-2, totalizando 408.398 casos de infeção e 5.546 mortes desde o início da pandemia.

Na região Centro registaram-se mais 103 casos, acumulando-se 142.009 infeções e 3.131 mortos.
No Alentejo foram assinalados mais 39 casos, totalizando 38.474 infeções e 1.019 mortos desde o início da pandemia.

Na região do Algarve o boletim regista 48 novos casos, acumulando-se 42.042 infeções e 455 mortos.

A região Autónoma da Madeira registou 16 novos casos, somando 12.137 infeções e 72 mortes devido à covid-19 desde março de 2020.

Os Açores têm hoje oito novos casos, contabilizando 8.745 casos e 42 mortos desde o início da pandemia.

As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados, que podem não coincidir com a informação divulgada no boletim da DGS.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 491.006 homens e 571.351 mulheres, mostram os dados da DGS, segundo os quais há 743 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que esta informação não é fornecida de forma automática.

Do total de vítimas mortais, 9.403 eram homens e 8.522 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nos idosos com mais de 80 anos, seguidos da faixa etária entre os 70 e os 79 anos.

Do total de mortes, 11.691 eram pessoas com mais de 80 anos, 3.840 com idades entre 70 e 79 anos, e 1.633 tinham entre 60 e 69 anos.

Taxa de incidência e índice de transmissibilidade

A taxa de incidência nacional é de 149,1 casos de infeção por 100 000 habitantes. No continente está nos 152,4 casos por 100 000 habitantes.

O R(t) nacional está em 0,82 e no continente em 0,81.

Os dados dos indíces R(t) e da incidência são atualizados à segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira.

Próxima fase de desconfinamento poderá acontecer antes do previsto

O Conselho de Ministros da próxima quinta-feira deve decidir antecipar a fase de desconfinamento prevista para outubro.

As discotecas devem abrir com certificado digital e acaba a lotação em espaços como restaurantes, lojas espetáculos, casamentos ou batizados.

Pelo menos 4,69 milhões morreram e mais de 229 milhões foram infetados no mundo

A pandemia do novo coronavírus já causou pelo menos 4.696.559 mortos no mundo desde que o SARS-CoV-2 foi identificado em dezembro de 2019 na China, segundo um balanço da AFP até às 10:00 TMG (11:00 em Lisboa) de hoje.

Mais de 229.008.620 casos de infeção foram diagnosticados no mundo no mesmo período, indicou a agência France-Presse, adiantando que a grande maioria dos doentes recupera, mas uma parte ainda mal avaliada continua com sintomas durante semanas ou até meses.

A covid-19 é uma doença respiratória causada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China. Entretanto surgiram novas variantes, nomeadamente as identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

A grande maioria dos pacientes recupera, mas uma parte evidencia sintomas por várias semanas ou até meses.

Links úteis

Mapa com os casos a nível global

  • O planeta em que todos vivemos

    Futuro Hoje

    O Planeta Lourenço terá que ser ainda mais simples e eficaz na mensagem. É um risco. Frequentemente, quando me mostram aparelhos ou programas as coisas falham, é o que chamo de síndrome da demonstração. Mas isto acontece na vida real, é assim que vamos fazer.

    Opinião

    Lourenço Medeiros