Os números da Covid-19

Covid-19: morreram 4 pessoas em Portugal nas últimas 24 horas e há mais 883 casos

Pedro Nunes

O último balanço da Direção-Geral da Saúde.

Portugal contabiliza este sábado mais 4 mortes e 883 novos casos de covid-19, segundo o relatório diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Todas as regiões do país, incluindo as regiões autónomas, registam novos casos nas últimas 24 horas, mas a maioria concentra-se nas regiões de Lisboa e Vale do Tejo (+329), Norte (+238) e Centro (+187). Dois dos óbitos ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo e os outros dois na região Norte.

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 18.129 mortes e 1.084.534 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando ativos 30.955 casos, mais 150 em relação a sexta-feira..

O boletim da DGS revela que estão internados 274 doentes, menos 10 do que na sexta-feira. Nos cuidados intensivos estão 55 doentes, menos 5.

Os dados indicam ainda que mais 729 doentes foram dados como recuperados, fazendo subir para 1.035.450 o número total de recuperados desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020.

As autoridades de saúde têm sob vigilância 21.077 contactos, mais 146.

Maioria das regiões com tendência crescente de infeções

A maioria das regiões de Portugal continental regista uma "tendência crescente" de infeções pelo coronavírus SARS-CoV-2, em consequência do aumento médio do índice de transmissibilidade (Rt), indica o relatório das "linhas vermelhas" divulgado esta sexta-feira.

"Observou-se um valor de Rt superior a 1 na maioria das regiões, com exceção do Alentejo e Algarve, indicando uma tendência crescente da incidência de infeção por SARS-CoV-2", avança a análise de risco da Direção-Geral da Saúde (DGS) e do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA).

Este indicador subiu no Norte de 0,97 para 1,00, no Centro de 1,05 para 1,11, em Lisboa e Vale do Tejo de 1,02 para 1,03 e no Algarve de 0,85 para 0,95. Com uma evolução contrária, está o Alentejo que apresentou uma redução do Rt de 1,06 para 0,80 no espaço de uma semana.

Já no que diz respeito à mortalidade por covid-19, verificaram-se 9,4 óbitos em 14 dias por um milhão de habitantes, que corresponde a um aumento de 2% relativamente à semana anterior.

Veja mais sobre a covid-19:

LINKS ÚTEIS

  • Esqueçam o atrás...

    Tenham noção

    O recado de Rodrigo Guedes de Carvalho sobre redundâncias. Tenham noção que dizer ou escrever "há cinco anos atrás", "subir para cima" ou "descer para baixo" é desnecessário.

    SIC Notícias