Mundo

É normal um avião com cerca de 3 meses cair?

Beawiharta Beawiharta

A queda de um avião no Mar de Java, na Indonésia, que pode ter resultado na morte das 189 pessoas que se encontravam a bordo, ganhou uma maior visibilidade devido ao facto do Boeing 737 MAX 8, ainda ser um 'recém-nascido' quando se despenhou, uma vez que as suas aventuras por céu aberto 'apenas' tinham começado no dia 15 de agosto de 2018.

O avião da companhia low cost Lion Air despenhou-se no Mar de Java, na Indonésia, com 189 pessoas a bordo. O acidente aconteceu 12 minutos depois do aparelho descolar de Jacarta, na segunda-feira. O voo tinha como destino Pangkal Pinang, na ilha da Indonésia, e para já a perspectiva de sobreviventes é quase nula.

A maior "curiosidade" do acidente está no facto do avião ser 'novo', isto é, o Boeing 737 MAX 8, tinha apenas 800 horas de voo, de acordo com o chefe da Comissão Nacional de Segurança nos Trasnportes, Soerjanto Tjahjano, em declarações à BBC.

O modelo do avião em causa começou a ser comercializado em 2017 e, em julho, a Lion Air afirmou estar "muito orgulhosa" de ser a primeira companhia na Indonésia a estrear este modelo, adiantado também que tinha encomendado 218 unidades.

Willy Kurniawan

A probabilidade de um avião 'novo' cair é grande?

Os acidentes que envolvem transportes aéreos, neste caso, os aviões, resultam de acordo com uma combinação de fatores técnicos e humanos.

Segundo o analista de aviação, Gerry Soejatman, "normalmente as aeronaves mais antigas envolvem um risco maior de acidentes, mas também podem surgir problemas e consequentes acidentes nas aeronaves mais recentes". Gerry Soejatman explicou também à BBC que "só se começa a conhecer os problemas das aeronaves mais recentes quando estas entram na rotina 'aérea', o que normalmente só acontece passados três meses da primeira viagem".

No entanto, outro analista de aviação e também editor da publicação de aviação 'The Air Current', Jon Ostrower, disse à BBC que os novos aviões geralmente "desfrutam de férias de manutenção porque como tudo é tão novo, existe uma menor preocupação".

Causas do acidente?

Soejatman explicou: "é provável que tenham sido problemas técnicos a causar o acidente, mais ainda é muito cedo para determinar. Apenas podemos perceber o porquê do acidente quando nos forem fornecidas mais informações".

À Reuters, o executivo chefe da Lion Air disse que o que o voo Boeing 737 MAX 8 sofreu um "problema técnico" não especificado num voo anterior, mas assegurou que o problema "ficou resolvido de acordo com o procedimento".