Mundo

Detido suspeito de estar envolvido na morte de Emiliano Sala

Stephane Mahe

Futebolista argentino morreu num acidente aéreo em janeiro.

A polícia britânica deteve esta quarta-feira um homem suspeito de homicídio involuntário, no caso da morte do futebolista Emiliano Sala, em janeiro, num acidente aéreo.

"Detivemos um homem de 64 anos, na região de North Yorkshire, por suspeitas de homicídio involuntário", revelou a polícia de Dorset em comunicado.

O suspeito foi depois libertado e está a cooperar com a investigação, acrescenta em comunicado a polícia de Dorset, sul de Inglaterra, que não adianta mais elementos sobre a sua identidade.

Sala, de 28 anos, transferiu-se dos franceses do Nantes, a troco de 17 milhões de euros, para os ingleses do Cardiff, mas o avião em que viajava, pilotado por David Ibobotson, desapareceu a 21 de janeiro quando sobrevoava o Canal da Mancha.

Stephane Mahe

O corpo do avançado argentino foi recuperado e identificado a 7 de fevereiro, no interior do avião sinistrado, entretanto localizado. Os restos mortais chegaram à Argentina uma semana depois.

Segundo a BBC, o piloto não estava habilitado a voar de noite por ser daltónico e a sua licença não incluir "qualificação para voo noturno".

Emiliano Sala chegou a representar os portugueses do FC Crato, dos campeonatos distritais, antes de seguir para França, onde alinhou pelo Bordéus (clube que também pede percentagem negociada com o Nantes em 2015), Orléans, Chamois Niortais, Caen e Nantes.