Mundo

"Sei que a pena de morte é uma medida muito pesada, mas aqui é necessária"

"Sei que a pena de morte é uma medida muito pesada, mas aqui é necessária"

Procurador de El Paso, Jaime Esparza, confirmou que o tiroteio deste sábado no Texas está a ser tratado como um crime de ódio e que vai pedir a pena capital para o atirador que fez 20 mortos. Do outro lado da fronteira, o Governo do México admite avançar judicialmente contra os EUA por um ataque terrorista contra cidadãos mexicanos.

O Governo do México vai apresentar uma queixa por terrorismo e vai analisar a extradição do autor do tiroteio de sábado em El Paso (Texas) que provocou 20 mortos, entre os quais seis mexicanos.

El Paso, com cerca de 680.000 habitantes, está situada no oeste do Texas, junto à fronteira com o México e separada de Cidade Juárez pelo Rio Bravo del Norte (Rio Grande).

Nos fins de semana é um habitual local de compras para muitos mexicanos, que atravessam a fronteira. Segundo o censo mais recente, 80% da população de El Paso é de origem hispânica