Mundo

"Eles não prenderam um homem, eles tentaram matar uma ideia"

"Eles não prenderam um homem, eles tentaram matar uma ideia"

Lula da Silva criticou o Ministério Público brasileiro e o juiz Sérgio Moro.

O Ex-Presidente do Brasil já deixou as instalações da Polícia Federal, em Curitiba, onde esteve detido 580 dias. Num discurso à porta da cadeia, Lula da Silva agradeceu aos apoiantes e deixou críticas ao ministro da Justiça, Sérgio Moro.

  • “Falso testemunho”: o quarto episódio do “Vidas Suspensas”
    29:04