Mundo

Papa condena morte de George Floyd: "Não podemos tolerar nem fechar os olhos ao racismo"

Chefe da Igreja Católica condenou também a violência dos protestos da última semana nos EUA.

O Papa Francisco condenou a morte de George Floyd. Na missa desta manhã, no Vaticano, Francisco disse que o racismo e a exclusão não podem ser ignorados nem tolerados, mas também se mostrou contra a violência de alguns dos protestos nos Estados Unidos.