Mundo

Hospitais de Beirute estão lotados. Há feridos a serem observados na rua

Pelo menos 78 pessoas morreram e cerca de 4.000 ficaram feridas.

Os hospitais de Beirute estão lotados de pessoas feridas nas duas explosões na capital do Líbano.

As imagens retratam a confusão de ambulâncias, feridos e profissionais de saúde. Alguns feridos, por falta de espaço, estão a ser observados no exterior do hospital e há também pessoas a serem encaminhadas para outros hospitais fora da cidade.

A Cruz Vermelha pediu doações de sangue aos habitantes. E avança que há dezenas de equipas no terreno a socorrer vítimas.

Veja também:

  • Medo, solidão e falta de afetos: como a pandemia lhes mudou a vida

    Coronavírus

    No Dia Internacional do Idoso, contamos a história de duas pessoas que têm em comum a solidão. A de Zulmira Marques, de 92 anos. Há 6 meses era alegre e passeava com as amigas quase todos os dias. Depois veio a pandemia e ficou “completamente sozinha” durante três meses. Agora não quer sair de casa. Tem vários medos. A outra é a de Maria do Céu. Morreu em junho, aos 87 anos. Os últimos dias de vida foram passados numa cama de hospital. Não pôde despedir-se das duas filhas.

    Rita Rogado