Mundo

EUA preocupados com agravamento do estado de saúde de Navalny

Maxim Shemetov

Navalny entrou em greve de fome na semana passada em protesto por reduzidos cuidados médicos.

Os Estados Unidos manifestaram-se esta quarta-feira "preocupados" com as informações sobre a deterioração do estado de saúde do opositor ao regime russo Alexei Navalny, atualmente encarcerado.

"Estamos preocupados com as informações segundo as quais o estado de saúde do senhor Navalny se deteriora", declarou a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, acrescentando que Washington considera que a prisão de Navalny é "motivada por razões políticas e uma flagrante injustiça".

A advogada do opositor russo Alexei Navalny, que se queixou de fortes dores nas costas e nas pernas, indicou que os médicos lhe diagnosticaram uma dupla hérnia.

Olga Mikhailova disse ao canal televisivo independente Doshd que Navanly também está a perder a sensibilidade nas mãos.

Navalny entrou em greve de fome na semana passada em protesto por reduzidos cuidados médicos. Na terça-feira, o líder da organização Aliança de Médicos pró-Navalny foi detido pela polícia, após ter tentado entrar na prisão para conversar com os médicos.

Veja também:

  • 16:26