Mundo

Descarga de água de Fukushima. Japão fala em operação segura, mas China e Coreia do Sul são contra

Governo diz que não haverá risco para a saúde.

O Japão anunciou que vai descarregar a água da central nuclear para o Pacífico, 10 anos depois da catástrofe de Fukushima. A capacidade de armazenamento está a esgotar-se.

Os países vizinhos consideram a decisão irresponsável. Tóquio garante que a operação é segura.

1 milhão e 300 mil metros cúbicos de água, o suficiente para encher 500 piscinas olímpicas. É o que a central de Fukushima acumulou para arrefecer os reatores, após o sismo e o tsunami, que em 2011 provocaram o maior acidente nuclear desde Chernobyl.

A primeira descarga no Oceano Pacífico tem previsão para daqui a dois anos. Até lá, a água será filtrada.