Mundo

"Se estes doentes não fossem salvos a tempo, acabariam por morrer afogados"

O relato de um médico português na Alemanha.

Um médico português na Alemanha descreve momentos dramáticos quando o hospital onde trabalha- numa das zonas mais atingidas pelas inundações - teve de ser evacuado de urgência.

Os doentes, mesmo os acamados, tiveram de ser retirados para a rua e transferidos de autocarro para uma escola.

João Ribeiro diz que se não tivessem sido salvos a tempo, os doentes teriam morrido afogados.

  • Esqueçam o atrás...

    Tenham noção

    O recado de Rodrigo Guedes de Carvalho sobre redundâncias. Tenham noção que dizer ou escrever "há cinco anos atrás", "subir para cima" ou "descer para baixo" é desnecessário.

    SIC Notícias