Mundo

Eleições legislativas começam na Rússia e decorrem até domingo 

Pavel Golovkin

Eleições podem ser um teste para Putin.

A Rússia começa esta sexta-feira a votar nas eleições legislativas, num processo que decorre até domingo, para evitar ajuntamentos e contágios.

Estas eleições podem ser um teste para o Presidente Vladimir Putin.

O partido Rússia Unida, que apoia o Presidente, detém uma maioria da Duma e está à frente nas intenções de voto, apesar de no último mês o resultado nas sondagens ter caído para o nível mais baixo desde 2006.

Este ato eleitoral é marcado também pelo afastamento de candidatos da oposição.

Nos últimos meses, as autoridades estiveram envolvidas numa onda de repressão sobre os opositores, em particular os aliados de Alexei Navalny, que foram proibidos de concorrer às eleições.

Rússia bloqueia site de Navalny que apela ao voto na oposição

O regulador russo dos media, o Roskomnadzor, bloqueou uma página digital do líder da oposição russa Alexei Navalny na qual este pedia o voto na oposição ao partido do Kremlin, Rússia Unida, nas legislativas.

A página "Voto inteligente" foi bloqueada por utilizar os recursos do Fundo de Luta contra a Corrupção, de Navalny, uma organização definida em junho como "extremista" pela justiça russa.

Esta era a única página digital que ainda não tinha sido bloqueada pelas autoridades russas desde a condenação de Navalny a dois anos e meio de prisão, em fevereiro passado.

Previamente, o Roskomnadzor ameaçou a Google e o russo Yandex com avultadas multas caso não bloqueassem o acesso a esta página.

Leia mais:

  • A escola como uma gigantesca perda de tempo

    País

    Pode ser Eva. Fez um teste de Geografia e foi a única da turma a ter negativa. Dos seus olhos formosos e inexpressivos, num rosto negro como o touro do Herberto Helder, ruíram-lhe duas lágrimas. Mas daquelas que represam tanta água - tanta mágoa - que deixam cicatrizes aquosas. 43%.

    Opinião

    Rui Correia