Mundo

Trump pede dinheiro aos apoiantes para enfrentar a justiça

Trump pede dinheiro aos apoiantes para enfrentar a justiça
DAVID DEE DELGADO
Ex-Presidente dos Estados Unidos disse estar a ser alvo de mais uma caça às bruxas e pediu doações imediatas.

Donald Trump está a pedir dinheiro aos apoiantes para enfrentar a justiça.

Na própria plataforma digital, o ex-Presidente dos Estados Unidos disse estar a ser alvo de mais uma caça às bruxas e pediu doações imediatas. Em causa está a investigação de que está a ser alvo.

Loading...

O FBI fez buscas na mansão de Trump, em Mar-a-Lago, por suspeitar que o ex-Presidente levou documentos confidenciais da Casa Branca.

Um grupo de apoiantes de Donald Trump reuniu-se fora da residência do ex-Presidente em Mar-a-lago, na Florida, para se manifestar contra as buscas. Alegam ser "mais uma invenção injusta" e que a Administração Biden "está a usar o FBI como arma e isso tem de acabar". Havia até quem duvidasse que estas buscas estavam a acontecer: "Isto não pode estar a passar-se aqui nos EUA".

A investigação sem precedentes já foi criticada por Mike Pence. O vice-presidente de Trump acusa o sistema judicial norte-americano de ter motivações políticas.

Também Trump diz que os democratas estão a usar o departamento de justiça para impedir de se voltar candidatar à Presidência daqui a dois anos.

Os rumores de que Donald Trump quer anunciar a recandidatura presidencial às eleições de 2024 circulam há várias semanas e foram reavivados com um vídeo publicado esta terça-feira na sequência de buscas.

O vídeo, com a duração de quase quatro minutos, começa a preto e branco com sons de trovoada e a voz do ex-presidente a anunciar que a América é "uma nação em declínio".

Trump elenca o que diz serem os problemas e falhanços do país e o vídeo passa depois a cores, com uma mensagem de otimismo porque "em breve, teremos grandeza outra vez".

O Presidente dos EUA, Joe Biden, não teve conhecimento prévio das buscas feitas pelo FBI à mansão do seu antecessor no cargo, evento de que tomou conhecimento pela comunicação social.

Esta informação foi garantida esta terça-feira pela porta-voz da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, durante o encontro diário com jornalistas, ao comentar as buscas do FBI à propriedade de Donald Trump em Mar-a-Lago, no estado da Florida.

Sem dar detalhes sobre "uma investigação em curso", a porta-voz, quando questionada sobre as acusações dos republicanos de que Trump estava a ser vítima de perseguição política, respondeu que Biden "respeita o Estado de Direito", insistindo em que "o Presidente não estava informado [das buscas]".

Últimas Notícias
Mais Vistos