Mundo

Eleições em Angola: vandalismo em Luanda por falta de pagamentos a colaboradores

Loading...
Polícia diz que foram destruídos equipamentos públicos.

A manhã desta quinta-feira em Luanda foi marcada por atos de vandalismo na cidade que obrigaram à intervenção da polícia. Centenas de pessoas exigiam o pagamento do trabalho desempenhado no dia eleitoral e há relato de um número indeterminado de detidos.

A polícia diz que foram destruídos equipamentos públicos e que está a fazer os possíveis para repor a tranquilidade na cidade.

Em causa estará a falta de pagamentos dos partidos aos cidadãos que estiveram a trabalhar durante a campanha e no dia das eleições.

"Não pagaram alimentação, não nos deram nada, nem subsídio de transporte. Passámos todo o dia na assembleia sem comer, sem beber nada", queixa-se um dos elementos das mesas de voto.

A polícia classificou os protestos como "vandalismo muito preocupante" e avisa que, se a situação continuar, a "mão pesada" cairá em cima destas pessoas.
Noutros locais, a manifestação teve objectivos diferentes: contestar o processo eleitoral. Junto a várias assembleias de voto na Grande Luanda, milhares de pessoas juntaram-se para tentar garantir que as urnas não seriam levadas pela polícia sem antes serem afixados os resultados.

Últimas Notícias
Mais Vistos