Mundo

Inundações no Paquistão: número de mortos volta a aumentar

Cheias no Paquistão
Cheias no Paquistão
ABDUL MAJEED

Nas últimas 24 horas morreram mais 28 pessoas, fazendo subir o total de vítimas mortais para 1.061.

As inundações no Paquistão causadas pelas chuvas das monções que começaram em junho mataram pelo menos 1.061 pessoas, de acordo com o último balanço divulgado hoje pela Autoridade Nacional de Gestão de Catástrofes (NDMA).

A NDMA registou a morte de 28 pessoas nas últimas 24 horas, no momento em que as autoridades ainda estavam a tentar alcançar aldeias remotas em zonas montanhosas no norte do país, o que pode aumentar ainda mais o número de mortos.

Loading...

Mais de 33 milhões de pessoas, ou um em cada sete paquistaneses, foram afetados pelas cheias e quase um milhão de casas foram destruídas ou severamente danificadas, de acordo com o Governo.

O NDMA disse que mais de 80.000 hectares de terra cultivável tinham sido devastados e mais de 3.400 quilómetros de estradas e 157 pontes tinham sido destruídos.

Últimas Notícias
Mais Vistos