Mundo

Detetada fuga no oleoduto que liga a Rússia à Alemanha

Detetada fuga no oleoduto que liga a Rússia à Alemanha
JEDRZEJ WOJNAR/Agencja Wyborcza.

Fuga foi detetada no centro da Polónia

Uma das duas linhas do oleoduto Druzhba, que liga a Rússia à Alemanha, foi encerrada após uma fuga ter sido detetada no centro da Polónia, anunciou esta quarta-feira a empresa polaca PERN.

"As causas do incidente não são conhecidas neste momento - o bombeamento na linha danificada foi imediatamente interrompido. A linha 2 da tubulação está a operar normalmente", disse a PERN num comunicado, acrescentando que a fuga foi detetada na noite de terça-feira.

No final de setembro, explosões submarinas de alta potência danificaram no Mar Báltico os gasodutos Nord Stream 1 e 2, que liga a Rússia à Alemanha, provocando fuga de metano.

Loading...

Washington e Moscovo acusaram-se mutuamente pela tentativa de sabotar os gasodutos construídos pela Rússia. Os confrontos entre os dois países prolongaram-se durante uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU, em Nova Iorque, que fora convocada pela Rússia para discutir os problemas nos gasodutos.

Suécia e Dinamarca divulgaram um relatório provando que as fugas tinham sido provocadas por fortes explosões submarinas, no Mar Báltico.

Há vários anos que os Estados Unidos avisam a Alemanha dos riscos de ficar dependente da energia russa.

Os ataques aos oleodutos levaram as empresas de energia e os governos europeus a reforçar a segurança em torno desta infraestrutura energética.

Estes incidentes ocorreram após a invasão da Rússia à Ucrânia, em 24 de fevereiro, e a posterior aplicação de sanções aos russos - nomeadamente sobre os produtos petrolíferos - pelos países Ocidentais.

Últimas Notícias
Mais Vistos