Mundo

Liz Truss pede desculpa “por erros” mas garante que não sai

Loading...

A primeira-ministra britânica Liz Truss afirmou que já corrigiu os erros e que vai continuar a liderar o Governo do Reino Unido.

A primeira-ministra britânica garantiu que vai manter-se no cargo. Em entrevista à televisão britânica BBC, Liz Truss pediu desculpa e admitiu que cometeu erros, mas que já os corrigiu.

“Reconheço que errei. Peço desculpa por esses erros, mas já os corrigi. Nomeei um novo ministro das Finanças. Restauramos a estabilidade económica e a disciplina fiscal”, afirmou.

A imprensa britânica informou esta segunda-feira que Liz Truss poderá ser obrigada pelo próprio partido a deixar o cargo ainda esta semana, mas em entrevista à BBC garante que vai manter-se no cargo.

“Vou continuar porque fui eleita para ajudar este país e é isso que estou determinada a fazer”.

O que se passa no Reino Unido?

O Reino Unido viu-se envolto em mais uma crise política depois de Liz Truss se ter visto obrigada a substituir o ministro das Finanças. Em causa estava o plano orçamental apresentado pelo anterior ministro, que previa cortes drásticos no país e que causou instabilidade política e económica.

Desde então, o Executivo conservador liderado por Liz Truss tem sido fortemente criticado pela oposição e alvo de pressões internas.

Esta segunda-feira, o novo ministro das Finanças apresentou a nova estratégia a médio prazo para tentar acalmar os mercados e pôr fim a semanas de desvalorização da libra e das obrigações soberanas do Reino Unido nos mercados internacionais.

O ministro britânico cancelou "quase todos" os cortes fiscais anunciados há três semanas. As medidas são um resultado de negociações com a primeira-ministra durante o fim de semana.

Últimas Notícias
Mais Vistos