Mundo

Cinco dias depois das eleições nos EUA, Câmara dos Representantes continua em aberto

Loading...

Os democratas mantêm a maioria no Senado norte-americano, depois de vencerem no estado do Nevada.

O Partido Democrata irá manter o controlo da câmara alta do Congresso, o Parlamento dos Estados Unidos.

Ainda falta apurar o resultado das intercalares na Geórgia, o estado terá de ir a uma segunda volta a 6 de dezembro, mas a vitória de Catherine Cortez Masto, no Nevada, já garante a maioria democrata no Senado.

O partido de Joe Biden fica assim com 50 dos 100 lugares na Câmara Alta do Congresso. Mesmo que os republicanos vençam na Geórgia e igualem o resultado, os democratas têm vantagem graças ao voto da vice-presidente Kamala Harris.

Biden diz-se "mais forte" após democratas garantirem Senado: "Sinto-me bem e estou ansioso pelos próximos dois anos", disse Biden na capital do Camboja, Phnom Penh, onde termina a cimeira da Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN).

Para a Câmara dos Representantes, a corrida continua renhida. Há ainda 20 lugares em aberto. Os republicanos seguem à frente, mas Joe Biden mantém a esperança.

Com 435 cadeiras em jogo e a contagem de votos ainda em andamento, as projeções da agência Associated Press (AP) colocam os republicanos à frente, concedendo-lhes 211 assentos e 203 aos democratas, sendo 218 necessários para formar uma maioria na Câmara de Representantes.

À medida que a contagem continua, particularmente em estados que aderiram massivamente ao voto por correspondência, os democratas têm vencido a maior parte das disputas mais apertadas.

Últimas Notícias
Mais Vistos