Mundo

Opositora de Lukashenko internada nos cuidados intensivos

Opositora de Lukashenko internada nos cuidados intensivos
Ramil Nasibulin

Maria Kolesnikova está a cumprir 11 anos de prisão por ter provocado alegados distúrbios nos protestos de 2020.

Uma das líderes dos protestos que, em 2020, contestavam à reeleição do Presidente da Bielorrússia, Alexandre Lukashenko, foi internada nos cuidados intensivos.

Maria Kolesnikova foi levada esta segunda-feira para o hospital, mas ainda não são conhecidas as razões do internamento.

Kolesnikova está a cumprir uma pena de prisão de 11 anos por ter provocado alegados distúrbios nos protestos. A opositora de Alexander Lukashenko diz que as acusações foram forjadas.

Últimas Notícias
Mais Vistos