Mundo

Reino Unido detém empresário russo suspeito de ligações a Putin

Reino Unido detém empresário russo suspeito de ligações a Putin
SERGEY GUNEEV / KREMLIN POOL / SPUTNIK / POOL

Nome não foi revelado, mas já se sabe algumas coisas sobre a sua identidade.

Um empresário russo foi detido em Londres, suspeito de lavagem de dinheiro, no âmbito dos esforços das autoridades britânicas para desmantelar potenciais atividades criminosas por oligarcas com ligações a Vladimir Putin.

Sem identificar o suspeito, a Agência Nacional de Crime do Reino Unido afirmou que mais de 50 agentes de uma unidade especializada fizeram buscas na mansão do empresário de 58 anos, na quinta-feira, tendo apreendido vários dispositivos eletrónicos e uma quantidade "significativa" de dinheiro.

O detido é suspeito de lavagem de dinheiro, conspiração para cometer perjúrio e conspiração para defraudar o Ministério britânico do Interior, responsável pela imigração e segurança.

Um homem de 35 anos que trabalhava na residência do suspeito foi também detido, após ser visto a sair da propriedade com um saco que continha milhares de libras.

Um terceiro homem de 39 anos foi detido na sua casa, na zona ocidental de Londres, também por suspeitas de lavagem de dinheiro.

"A unidade de combate à cleptocracia da NCA, apenas estabelecida este ano, está a ter um sucesso significativo a investigar potenciais atividades criminosas por parte de oligarcas", que colaboram e apoiam o regime russo, afirmou, numa declaração, o diretor geral da agência britânica, Graeme Biggar.

Segundo o responsável, a NCA vai continuar a usar todos os recursos e táticas disponíveis para "desmantelar esta ameaça".

A detenção surge num momento em que as autoridades britânicas têm trabalhado com os Estados Unidos, União Europeia e outros países para estrangular o fluxo de dinheiro movimentado por oligarcas próximos de Putin, após a invasão da Ucrânia pela Rússia.

O Reino Unido impôs sanções a mais de 1.300 pessoas e entidades, incluindo 120 oligarcas russos, cujo património estima-se que represente mais de 150 mil milhões de euros, de acordo com o Governo britânico.

Em outubro, a NCA deteve outro empresário sediado em Londres, suspeito de ajudar um oligarca russo alvo de sanções de dissimular a propriedade de património no Reino Unido.

Últimas Notícias
Mais Vistos