Mundo

Donald Trump pede para regressar ao Facebook

Donald Trump pede para regressar ao Facebook
Andrew Harnik

Equipa de campanha do ex-Presidente dos Estados Unidos apela a que "não se silencie" um candidato às presidências. Conta de Trump foi suspensa em 2021, na sequência da invasão ao Capitólio.

O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump pediu oficialmente que lhe fosse permitido regressar ao Facebook, anunciou quarta-feira a sua equipa de campanha, apelando para que “não se silencie” um candidato presidencial, noticia a AFP.

O advogado do antigo presidente norte-americano, Scott Gast enviou uma carta ao fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, pedindo-lhe "uma reunião para discutir a rápida readmissão" de Donald Trump na rede social.

"Nós acreditamos que a suspensão da conta do Facebook do Presidente Trump distorceu radicalmente e restringiu o debate público", pode ler-se na missiva datada de 17 de janeiro.

Donald Trump tinha sido suspenso da rede social, por um período de dois anos, na sequência do ataque dos seus apoiantes ao Capitólio, em 6 de janeiro de 2021.

Na ocasião, o Facebook estimou que o antigo presidente dos Estados Unidos só teria condições de regressar quando "os riscos para a segurança pública desaparecessem".

Questionado pela AFP, um porta-voz da Meta, a empresa mãe do Facebook, remeteu uma decisão sobre este pedido "nas próximas semanas".

Donald Trump já foi readmitido no Twitter em 19 de novembro de 2022, quatro dias depois de ter declarado a sua candidatura às eleições presidenciais de 2024. Contudo, ainda não publicou nenhuma mensagem nesta conta, comunicando, sobretudo, através da sua própria plataforma, a Truth Social.

Últimas Notícias
Mais Vistos