Opinião

"Não me surpreenderia que seja desconvocada a greve"

"Não me surpreenderia que seja desconvocada a greve"

A opinião de José Gomes Ferreira sobre as negociações relativas à greve dos motoristas de matérias perigosas, com início previsto para dia 12.

O Ministério das Infraestruturas propôs esta segunda-feira aos sindicatos representativos dos motoristas a possibilidade de ser desencadeado "um mecanismo legal de mediação", que obriga patrões e sindicatos a negociar e que permite que a greve seja desconvocada.

José Gomes Ferreira esteve na Edição da Noite a analisar os últimos desenvolvimento destas negociações e considerou: "Esta posição de força dos sindicatos é para conseguir o máximo agora... Não me surpreenderia que seja desconvocada a greve".