País

As imagens do mau tempo que está a afetar o país

PEDRO SARMENTO COSTA

O inverno começou há dois meses, mas só esta semana é que se tem estado a sentir à séria de norte a sul. A Madeira está sob aviso vermelho da meteorologia por causa dos ventos fortes e da elevada ondulação. Ondas grandes foram também o que levou o IPMA a manter alerta laranja, junto à costa, nos distritos no sul do continente. A norte, entre terça e esta quarta-feira houve muita neve, em particular na região de Trás-os-Montes.

O mau tempo na Madeira provocou estragos no cais dos pescadores de Câmara de Lobos e destruiu um bar na Ponta do Sol. Uma família foi realojada no Funchal e três escolas tiveram de ser encerradas por precaução.

Um fenómeno semelhante a um pequeno tornado atingiu esta quarta-feira a zona de Faro, no Algarve. O remoinho danificou dezenas de barcos na doca, destruiu vidros de carros e arrasou uma esplanada.

No distrito de Viseu, foi a queda de árvores que deu mais trabalho às equipas da Proteção Civil. Duas casas foram atingidas por cabos de alta tensão, depois destes terem cedido ao peso do gelo. O mau tempo levou ainda a que várias aldeias de Lamego ficassem isoladas.

Bragança acordou esta quarta-feira coberta de neve. Dezenas de escolas foram encerradas e algumas estradas tiveram mesmo de ser cortadas. O nevão, que começou na tarde de terça-feira começa agora a desaparecer devido à chuva.

O concelho de Trancoso foi o mais afetado pelo mau tempo no distrito da Guarda. A camada de gelo derrubou ramos de centenas de árvores, o que condicionou a circulação, e danificou vários castanheiros com consequências na produção de castanha.

Também muitas escolas do distrito de Vila Real estiveram fechadas devido à falta de eletricidade e aos condicionamentos de trânsito. O peso do gelo causou a queda de postes de eletricidade e de árvores que obstruíram várias estradas.

Mas o mau tempo vai continuar nos próximos dias. A depressão Emma vai continuar a afetar o estado do tempo em Portugal durante os próximos dias.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê no entanto que o faça com menos intensidade já a partir da tarde de quinta-feira.

Devido ao mau tempo, a Proteção Civil registou 637 ocorrências entre as 18:00 de terça-feira e as 23:00 de quarta-feira, sobretudo quedas de árvores e limpeza de vias devido à neve, com Viseu a ser o distrito mais afetado, com 136 ocorrências.

Segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil, registaram-se 275 quedas de árvores, 159 casos de limpeza de vias devido à queda de neve e 118 inundações, em todo o país.

De acordo com a ANPC, não existem vítimas a lamentar até ao momento devido ao mau tempo, apesar de referir que muitas escolas estiveram fechadas esta quarta-feira devido à intempérie.

  • Quatro distritos sob aviso laranja e 14 sob aviso amarelo devido ao vento, chuva e neve

    País

    Todos os distritos do continente estão hoje e sexta-feira sob aviso amarelo ou laranja devido à previsão de períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoada, vento forte de sudoeste com rajadas ate 100 quilómetros por hora nas terras altas, rodando para oeste. O arquipélago continua sob aviso laranja assim com os distritos de Beja, Faro, Lisboa e Setúbal.

  • "Não quero arriscar a vida, prefiro ficar cá (Madeira) mais 1 dia ou 2"
    1:24

    País

    Vento e agitação marítima na Madeira. A costa sul da Madeira está sob aviso vermelho por causa da agitação marítima, a capitania do Funchal mandou recolher todas as embarcações e estão proibidas as caminhadas junto ao mar. No aeroporto, apenas aterrou um avião. Há passageiros que preferem mesmo adiar a viagem com receio do mau tempo.

  • Chuva obriga a fechar tribunal de Loulé
    1:13

    País

    Em Loulé, a chuva obrigou ao encerramento do tribunal e dos serviços da conservatória. A Proteção Civil recomendou o encerramento do edifício por razões de segurança, depois de infiltrações graves em dois pisos, facilitadas pelas obras que atualmente decorrem no Palácio da Justiça.