País

Detidos da "Operação Teia" vão ser esta tarde presentes a tribunal 

Detidos da "Operação Teia" vão ser esta tarde presentes a tribunal 

Presidente do IPO do Porto, dois autarcas e uma empresária são suspeitos de corrupção e tráfico de influência.

Os quatro detidos hoje pela Polícia Judiciária (PJ) na Operação Teia, que envolveu 50 agentes da Judiciária e seis magistrados, estão nos calabouços da PJ/Porto e vão ser presentes às autoridades esta quinta-feira.

Os presidentes das Câmaras Municipais de Santo Tirso, Joaquim Couto, e de Barcelos, Miguel Costa Gomes, bem como o presidente do Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto, Laranja Pontes, e a empresária Manuela Couto (mulher do autarca de Santo Tirso), foram "levados para a zona prisional" das instalações da PJ/Porto. São suspeitos de corrupção e tráfico de influências.