País

PJ deteve suspeito de atear fogo florestal em Ovar

Homem de 50 anos usou um isqueiro que transportava, agindo num quadro de "forte alcoolismo".

A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro deteve um homem de 50 anos suspeito de ter ateado um incêndio florestal no passado mês de maio no concelho de Ovar, anunciou hoje aquele órgão de polícia criminal.

Em comunicado, a PJ esclarece que o indivíduo foi detido na quarta-feira, no cumprimento de mandados de detenção emitidos pelo Ministério Público de Ovar.

De acordo com a investigação, o indivíduo pegou fogo a um conjunto de vegetação, mato rasteiro e árvores, utilizando para o efeito um isqueiro que transportava, agindo num quadro de "forte alcoolismo".

A PJ refere que o incêndio, apesar da proximidade de várias habitações, não teve consequências de maior, devido à sua deteção quase imediata por testemunha que conseguiu combater prontamente o mesmo.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de obrigação de tratamento da sua dependência alcoólica e obrigação de apresentações periódicas em posto policial.

Lusa