País

Detida mãe do recém-nascido encontrado no contentor de lixo

PJ anunciou a detenção de uma mulher presumível autora de tentativa de homicídio de recém-nascido.


A PJ deteve uma mulher de 22 anos por fortes indícios da prática de homicídio qualificado, na forma tentada, vitimando uma criança do sexo masculino, recém-nascido, o seu filho.

Os factos ocorreram na passada terça-feira, 5 de novembro. A detenção foi feita esta madrugada, em Lisboa.

A mulher vai agora ser presente a primeiro interrogatório judicial, no qual será sujeita à aplicação das medidas de coação processual adequadas.

Está prevista uma conferência de imprensa da Polícia Judiciária, às 12h00.

Recém-nascido foi transferido para Maternidade Alfredo da Costa

O bebé, que foi encontrado no lixo na quarta-feira, está bem e sem qualquer problema de saúde. Poderá ter alta hospitalar logo que haja uma resposta de acolhimento.

O Ministério Público do Juízo de Família e Menores de Lisboa já instaurou um processo de promoção e proteção a favor da criança.

O bebé foi transferido para a MAC por não carecer de cuidados complexos médico-cirúrgicos da unidade de neonatologia.

Salvo por um sem-abrigo

O recém-nascido foi encontrado por um homem sem-abrigo. O homem foi alertado para o choro do bebé. Quando olhou para dentro do ecoponto, viu um pé de uma criança e pediu ajuda. Estas imagens mostram o momento em que o bebé é resgatado.


"Gesto cívico e humano"

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, fez questão de agradecer ao sem-abrigo que encontrou bebé em caixote do lixo. Classificou o gesto de "cívico e humano".

.À saída da cimeira Web Summit, o chefe de Estado tinha admitido a possibilidade de estar com o sem-abrigo, para agradecer "aquilo que foi um gesto, mais do que cívico, humano", o que acabou por se concretizar pouco depois."(...) Quando ele andava à procura de meios de sobrevivência salvou uma vida. (...) Por isso é que eu falei nas desigualdades", declarou Marcelo Rebelo de Sousa aos jornalistas.

"Bem-vindo, puto!"

As autoridades receberam pelas 17:30 de terça-feira o alerta para um recém-nascido encontrado num caixote do lixo na Avenida Infante D. Henrique, perto da estação fluvial, em Santa Apolónia, e junto a um estabelecimento de diversão noturna.

O INEM participou no salvamento e divulgou, nas redes sociais, a imagem do bebé uma efusiva saudação: "Bem.vindo puto". A foto regista o momento dos primeiros socorros ao recém-nascido.

Os responsáveis por deixar num caixote do lixo o recém-nascido podem incorrer no crime de exposição ao abandono de menor ou de infanticídio, dependendo da motivação do abandono.