País

Ministra garante que fecho da urgência pediátrica noturna no Garcia de Orta é temporário

ANTÓNIO COTRIM/ LUSA

Comissões de utentes de Almada e Seixal concentraram-se em vigília à porta do hospital, em Almada.

A ministra da Saúde assegurou esta segunda-feira que o encerramento à noite da urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta, em Almada, é temporário e que tentará que a situação “dure o menos tempo possível”.

“A posição do Hospital Garcia de Orta, sendo um hospital de tampão para a península de Setúbal, é um hospital que tem de ter a urgência noturna aberta”, afirmou Marta Temido no âmbito de uma visita ao centro de saúde Rainha Dona Leonor, em Almada, que está aberto até mais tarde para tentar suprir a falta da urgência pediátrica hospitalar.

À chegada ao centro de saúde, onde foi interpelada por utentes sobre a situação do Garcia de Orta, a ministra indicou que o encerramento no período noturno da urgência pediátrica é uma situação que se deseja que se mantenha pelo “menor tempo possível”.

  • Ministra reitera que grandes obras nos centros de saúde estão garantidas
    2:13