País

Pais de bebé que nasceu com malformações ouvidos pelo Ministério Público

Casal foi notificado para entregar todos os relatórios médicos e das ecografias.

Os pais do bebé Rodrigo, que nasceu com malformações graves, foram ouvidos esta terça-feira no Ministério público de Setúbal, que abriu já um processo de negligência médica.

O casal, que estava acompanhado pelo advogado e madrinha do bebé, entrou e saiu pela garagem do tribunal, já que não quer ser filmado.

Os pais tinham sido notificados para entregar todos os relatórios médicos e das ecografias que foram feitos durante a gravidez e o parto, mas o procurador do Ministério Público que tem o processo acabou por os inquirir.

O bebé Rodrigo nasceu há um mês sem olhos, sem nariz e com lesões graves no cérebro, malformações que o médico que fez as ecografias não detetou.

Os pais do menino entregaram também todos os relatórios na Ordem dos médicos, onde decorre um processo disciplinar ao obstetra Artur Carvalho.

O casal nunca foi, no entanto, ouvido pela Ordem.