País

Incêndios. Força Aérea vai patrulhar e fiscalizar

Paulo Cunha

A partir de hoje e até terça-feira.

A Força Aérea Portuguesa, com uma aeronave P-3C CUP+ e uma tripulação de 13 militares, realiza entre este domingo e terça-feira ações de patrulhamento e fiscalização no âmbito da prevenção de incêndios florestais.

Numa nota de imprensa hoje enviada à agência Lusa, pode ler-se que as "ações irão decorrer ao longo dos três dias, nos distritos de Aveiro, Beja, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Faro, Guarda, Leiria, Lisboa, Portalegre, Porto, Santarém, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu, com especial incidência nos locais sinalizados como de risco muito elevado de incêndio".

"Este empenhamento resulta de um pedido da Guarda Nacional Republicana ao Estado-Maior-General das Forças Armadas", lê-se ainda na nota.

De acordo com a Página da Proteção Civil, às 09:50, estavam em curso dois fogos florestais, que mobilizavam a essa hora 179 operacionais, 48 veículos terrestres e cinco meios aéreos.

  • 21:07