País

Bombeiro morre em incêndio em Antelas, Oliveira de Frades

Bombeiro era da corporação de Oliveira de Frades.

Um bombeiro morreu esta segunda-feira por inalação de fumo durante o combate às chamas em Antelas, Oliveira de Frades.

Trata-se de Pedro Daniel Ferreira, um bombeiro de 38 anos da corporação de Oliveira de Frades, que estava desaparecido desde o início da tarde.

No terreno, estiveram mais de 300 operacionais apoiados por 10 meios aéreos e quase 100 meios terrestres.

O incêndio deflagrou a meio da manhã numa zona montanhosa e "bastante íngreme", como adianta o repoórter da SIC, Frederico Correia.

Ministro da Administração Interna lamenta morte de bombeiro

O ministro da Administração Interna lamentou esta segunda-feira a morte de Pedro Daniel Ferreira.

Através de um comunicado, Eduardo Cabrita deixou uma mensagem de apoio à família do bombeiro e à coorporação de Oliveira de Frades.

"Neste momento de consternação para todos os portugueses relembro, com enorme gratidão, a forma generosa, profissional e sempre abnegada com que, todos os dias, milhares de bombeiros integram este esforço nacional de defesa da floresta contra os incêndios."

CERCA DE UMA CENTENA DE CONCELHOS EM RISCO MÁXIMO DE INCÊNDIO

Cerca de uma centena de concelhos de 14 distritos de Portugal continental apresentam hoje risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).