País

Processo que acusa Duarte Lima do homicídio de Rosalina Ribeiro chegou a Portugal

Duarte Lima

Lusa

Duarte Lima foi acusado há 10 anos no Brasil.

As autoridades brasileiras já enviaram para Portugal o processo que acusa Duarte Lima do homicídio de Rosalina Ribeiro.

A Procuradoria-Geral da República confirmou esta quarta-feira à SIC que o processo foi recebido muito recentemente e cabe agora à ministra da Justiça decidir se o pedido é admissível e depois enviá-lo ao tribunal competente para julgar o caso.

Duarte Lima foi acusado há 10 anos no Brasil por ter sido o autor dos disparos que mataram Rosalina Ribeiro, antiga cliente do ex-político português.

A ACUSAÇÃO. CRIME DE HOMICÍDIO

Duarte Lima é acusado do homicídio de Rosalina Ribeiro, companheira do milionário português Tomé Feteira. O crime aconteceu em 2009. Rosalina foi morta a tiro e o corpo foi encontrado numa estrada de terra batida em Maricá, nos arredores do Rio de Janeiro.

À data, o antigo deputado do PSD era advogado de Rosalina. Ter-se-á apropriado de cerca de cinco milhões de euros da portuguesa, processo no qual foi absolvido por abuso de confiança.

Duarte Lima está, desde abril de 2019 a cumprir pena por burla e branqueamento de capitais no caso Homeland (processo extraído do dossier BPN).