País

Mais de 1.000 enfermeiros pedem para trabalhar no estrangeiro  

A Ordem dos Enfermeiros pede ao Governo para agir rapidamente ou o país corre o  risco de não ter enfermeiros disponiveis.  

Em ano de pandemia mais de mil enfermeiros pediram para emigrar. Há mais de 20 mil enfermeiros portugueses a trabalhar no estrangeiro. Os principais destinos são Espanha e Reino Unido, dois dos países mais afetados pela pandemia em território europeu.