País

Julgamento do homicídio de Luís Giovani retomado ao fim de dois meses

Tribunal de Bragança permite que réu hospitalizado participe por videoconferência.

Depois de dois meses de interrupção, o julgamento do homicídio do jovem cabo-verdiano, Luís Giovani, foi retomado esta manhã, em Bragança, para decidir sobre o requerimento de uma arguido que se encontra hospitalizado.

O Tribunal deliberou que a partir de quarta-feira esse réu vai seguir o julgamento por videoconferência no hospital.