País

Acidente com carro do MAI: trabalhos estavam devidamente sinalizados

Contactado pela SIC, o Ministério da Administração Interna não quis prestar declarações.

A SIC confirmou que os trabalhos na A6 estavam devidamente sinalizados, no dia 18 de junho, quando o carro onde seguia o ministro da Administração Interna atropelou um dos trabalhadores.

No dia seguinte ao acidente, o comunicado do Ministério da Administração Interna era claro: a viatura não sofreu qualquer despiste; foi o trabalhador que atravessou a faixa de rodagem e quanto à sinalização que alertasse os condutores para os trabalhos na via, o MAI garante que era inexistente.

Mas uma fonte da Brisa, responsável pela manutenção da estrada e que subcontratou a empresa Arquijardim, onde trabalhava a vítima, afirma que naquele dia decorriam limpezas na valeta fora da plataforma da autoestrada.

Trabalhos esses que, segundo a Brisa, estavam devidamente sinalizados, cumprindo todas as regras de segurança.

Contactado pela SIC, o Ministério da Administração Interna não quis prestar declarações sobre a sinalização.

Continua ainda por apurar a velocidade a que o automóvel seguia no momento do embate.

De acordo com Ministério Público, já foi aberto um inquérito para averiguar as circunstâncias do acidente, que está a ser feito pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Évora.