País

Julgamento de Ricardo Salgado. Inspetor tributário explica circuito de dinheiro

Aponta documento como prova plantada.

Na segunda sessão do julgamento de Ricardo Salgado foi ouvida uma das principais testemunhas do Ministério Público.

Paulo Silva, o inspetor tributário, coordenador da Operação Marquês, defendeu que foi encontrada uma prova plantada para justificar uma transferência de cerca de 3 milhões de euros entre Ricardo Salgado e Hélder Bataglia.

O inspetor explicou ainda o circuito do dinheiro, que tem quase sempre no centro das operações, o alegado saco azul do GES. Paulo Silva

diz que tinha um registo contabilístico peculiar, diferente das normas internacionais.

Terá sido daqui, segundo o inspetor tributário, que saiu o dinheiro - 4 milhões de euros - para Salgado comprar 2 milhões de ações da EDP, através da Savoices, uma offshore em Singapura.

  • Merkel: mãe e verbo da Alemanha moderna

    Angela Merkel

    Carinhosamente chamada pelos alemães de "Mutti" (mãe), protagonizou um estilo único de fazer política na Alemanha. Não era uma grande oradora, nem fazia discursos inspiradores, mas a postura pragmática valeu-lhe respeito e admiração. "Merkeln" passou a ser verbo na Alemanha, em alusão à forma como a chanceler toma decisões.

    Ana Luísa Monteiro