País

Violência em Reguengos de Monsaraz. Envolvidos explicam a sua versão dos incidentes 

GNR abriu processo de averiguações.  

Alguns dos envolvidos nos distúrbios e no atropelamento em Reguengos de Monsaraz quiseram explicar a sua versão dos acontecimentos.

Dizem que foram alvo de insultos e chamaram a GNR porque não foram servidos.

Os desacatos, ocorridos na sexta-feira à noite junto da esplanada de um bar da cidade, provocaram três feridos, que foram atropelados pelo condutor de um automóvel, que, posteriormente, abandonou a viatura, disseram fontes da GNR e dos bombeiros.

A GNR esclareceu, num comunicado divulgado no sábado, que foi instaurado um processo de averiguações para apuramento de eventual responsabilidade disciplinar relativamente à atuação dos militares da Guarda.