País

CGTP a favor do alargamento do teletrabalho se direitos dos trabalhadores forem assegurados

Os pais de crianças até aos 8 anos vão poder trabalhar à distância.

A pandemia abriu a janela a formas mais flexíveis no mundo laboral e uma delas foi o teletrabalho. Até agora, a medida estava prevista apenas para pais com crianças até aos três anos, mas o Governo quer alargá-la.

A proposta entregue aos parceiros sociais estabelece que quem tem filhos até aos oito anos, com deficiência ou doença crónica tenha direito a exercer a atividade em regime de teletrabalho, mesmo que a empresa não concorde.

Exigem, no entanto, duas condições: que o trabalho à distância seja partilhado entre os progenitores e que seja compatível com as funções que desempenham.

A Confederação Geral dos Trabalhores portugueses não se opõe desde que o documento assegure todos os direitos dos trabalhadores.

A proposta vai ser discutida no Parlamento, em setembro, e pode ser alvo de alterações.