País

A importância e o papel de Otelo Saraiva de Carvalho, o mais controverso e polémico dos capitães de Abril 

A importância e o papel de Otelo Saraiva de Carvalho em debate na SIC Notícias com Nuno Gonçalo Poças, autor do livro "Presos por um fio - Portugal e as FP-25", a médica e ativista política, Isabel do Carmo, o historiador, Lourenço Pereira Coutinho e Ricardo Costa, da SIC. 

As reações ao papel de Otelo Saraiva de Carvalho na história estão longe de ser consensuais.

Na Edição da Noite, da SIC Notícias, esteve em debate a importância e o papel do mais controverso e polémico dos capitães de abril, condenado nos anos 80 por terrorismo.

Cerebral, rigoroso, disciplinado, afetivo, deslumbrado com o mediatismo, contraditório, incoerente. É assim que Otelo Saraiva de Carvalho tem sido descrito por quem o conheceu.

Morreu este domingo, no hospital das Forças Armadas, em Lisboa, a um mês de fazer os 85 anos.

O primeiro-ministro não quis dias luto nacional por Otelo Saraiva Carvalho e o Presidente da República concordou.

Marcelo Rebelo de Sousa diz que se trata de uma questão de equilíbrio em relação a outros capitães da revolução de Abril, entretanto falecidos, como Ernesto Melo Antunes ou Salgueiro Maia.