País

Fumo invade céu de praias algarvias. Banhistas captam nuvem provocada pelo fogo de Castro Marim

Nas redes sociais foram várias as partilhas de quem assistiu ao cenário.

O incêndio que desde segunda-feira lavra em Castro Marim continua por dominar e já passou para os concelhos de Vila Real de Santo António e Tavira. Mais de 80 pessoas foram retiradas das casas por precaução e um canil com quase 200 animais foi evacuado.

O céu azul nas praias algarvias deu lugar às nuvens negras devido a este incêndio. A tarde de segunda-feira, nas praias de Altura, Monte Gordo, Manta Rota e Tavira escureceu mais cedo. Os vídeos amadores, captados por banhistas, mostram o fumo e as cinzas do incêndio a alastrar-se pelas praias. A água azul do mar passou a refletir o cinzento resultado da floresta a arder.

O cenário típico nas praias do Algarve poderá continuar abafado pelas nuvens negras deste incêndio.

CONDIÇÕES METEOROLÓGICAS DIFICULTAM COMBATE ÀS CHAMAS

O incêndio rural que deflagrou na segunda-feira em Castro Marim afetou já uma área de cerca de 9.000 hectares, depois de registar uma "taxa de expansão de 650 hectares por hora", disse o comandante das operações de socorro.

Segundo Richard Marques, o fogo, que se estendeu "de forma fulminante" para os concelhos de Vila Real de Santo António e Tavira durante a tarde de segunda-feira, "lavrou com muita intensidade, atingindo um perímetro de 43 quilómetros, numa área afetada de cerca de 9.000 hectares".

As condições meteorológicas estão a dificultar os trabalhos. A previsão é que o vento intenso, a temperatura alta e humidade se mantenham.

No terreno estão mais de 600 operacionais, apoiados por 207 meios terrestres e seis meios aéreos.

Veja também:

  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia