País

Conselho de administração do Hospital de Setúbal e diretor clínico demissionário hoje no Parlamento

São ouvidos hoje sobre a situação naquela unidade de saúde.

O conselho de administração do Centro Hospitalar de Setúbal e o diretor clínico demissionário, Nuno Fachada, são ouvidos hoje na Assembleia da República, por requerimento do PSD, sobre a situação naquela unidade de saúde.

Depois de o diretor clínico ter renunciado ao cargo, alegando falta de condições, outros 86 médicos pediram a demissão, sublinhando a "situação de rutura" nos serviços de urgência, nos blocos operatórios, na oncologia, na maternidade e na anestesia, entre outros.

Entre os 86 demissionários estão diretores de serviço e departamentos, coordenadores de unidade e comissões, chefes de equipa de urgência e a restante direção clínica.Na quinta-feira passada, o Ministério da Saúde anunciou que autorizou a contratação de médicos para sete especialidades do centro hospitalar, sem indicar quantos, e um investimento de 17,2 milhões de euros na ampliação das instalações.

  • Esqueçam o atrás...

    Tenham noção

    O recado de Rodrigo Guedes de Carvalho sobre redundâncias. Tenham noção que dizer ou escrever "há cinco anos atrás", "subir para cima" ou "descer para baixo" é desnecessário.

    SIC Notícias