País

Sapadores Florestais sem “carreira” depois de dissolução do Parlamento

Loading...

Sindicato que promoveu greve em julho diz que depois das eleições a luta regressa à rua

O sindicato que representa os mais de 2 mil sapadores florestais teme que a nova carreira defendida para este profissionais não esteja decidida a tempo da próxima época de incêndios florestais.

O projecto lei de estava concluído e tinha acordo da maioria parlamentar, mas a dissolução da assembleia da república fez o processo voltar a estaca zero.

VEJA TAMBÉM:

Últimas Notícias
Mais Vistos