País

O dia em que o Governo perdeu a equipa da Saúde

O dia em que o Governo perdeu a equipa da Saúde
JOSÉ SENA GOULÃO

Depois da saída de Marta Temido, como é natural, os secretários de Estado acompanham a decisão da ministra.

Loading...

Com a demissão da ministra da Saúde saem também do Governo os dois secretários de Estado, designadamente António Lacerda Sales e Maria de Fátima Fonseca.

Em solidariedade com Marta Temido, e como é habitual nestas circunstâncias, o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Lacerda Sales, e a secretária de Estado da Saúde, Maria de Fátima Fonseca, acompanham a ministra na sua decisão.

Marta Temido iniciou funções como ministra da Saúde em outubro de 2018, sucedendo a Adalberto Campos Fernandes. Dois anos depois, em setembro, já a pandemia tinha chegado a Portugal, António Lacerda Sales entrou para a equipa de Temido.

Mais recente foi a chegada de Maria de Fátima Fonseca, que apesar de fazer parte do elenco governativo desde 2019 como secretária de Estado da Inovação e da Modernização Administrativa, só este ano assumiu funções no Ministério da Saúde.

O médico de formação, braço direito de Temido

Leiriense de nascença, António Sales, como passou a apresentar-se no elenco do XXIII Governo, em Leiria, é licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. Foi Deputado à Assembleia da República na XIII Legislatura, tendo integrado várias comissões.

Foi médico ortopedista no Hospital de Santo André do Centro Hospitalar de Leiria, E.P.E., até ao início da XIII Legislatura, mantendo atividade na Clínica de S. Francisco em Leiria e em consultório pessoal. Em 2020 chegou ao Governo, tendo sido um dos rostos mais visíveis, a par com a ministra Marta Temido, do Ministério da Saúde durante os dois anos de pandemia.

Da Administração Pública para a Saúde

Natural da Lourinhã, Maria de Fátima Fonseca é mestre em Administração e Políticas Públicas pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa, licenciada em Direito pela Universidade de Lisboa, e está a concluir a tese de doutoramento em políticas públicas.

No seu percurso profissional conta com vários cargos na Câmara de Lisboa, entre 2011 e 2017, e várias ocupações, nomeadamente enquanto advogada, consultora, formadora, tendo ainda participado no Programa de Reestruturação da Administração Central do Estado. Foi ainda embaixadora do Objetivo Trabalho Digno, da Aliança para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – UN Global Compact Network (Portugal), lê-se no site do Governo.

Foi secretária de Estado da Administração e do Emprego Público do ministro Mário Centeno no XXI Governo Constitucional e secretária de Estado da Inovação e da Modernização Administrativa da ministra Alexandra Leitão no XXII Governo Constitucional. Em 2022 rumou à Saúde, mas cinco meses depois está de saída em solidariedade com a demissão da ministra Marta Temido.

Últimas Notícias
Mais Vistos