País

Grávidas com dificuldades em marcar ecografias devido à falta de obstetras

Loading...
O desvio de especialistas para as urgências pode justificar a dificuldade na realização dos exames.

Além da crise nas urgências, a falta de obstetras está também a ter impacto na realização de exames. As grávidas estão com dificuldades em marcar ecografias nos hospitais públicos e, no privado, há cada vez menos médicos com convenções.

Em Portugal, existem cerca de 250 médicos com competência para realizar ecografias obstétricas no SNS e no setor privado, mas o desvio de especialistas para as urgências pode justificar a dificuldade em marcar uma ecografia.

No privado, as grávidas também encontram dificuldades, uma vez que há cada vez mais médicos que tenham convenção.

"As convenções muitas vezes não são competitivas, são ecografias obstétricas muito complexas e exigem muito tempo, muita diferenciação e acarreta uma responsabilidade médico-legal muito elevada", explicou João Bernardes, Presidente do Colégio da Especialidade de Ginecologia/Obstetrícia, da Ordem dos Médicos.

Últimas Notícias
Mais Vistos