País

Especialista considera que a TAP tem estado a "lidar bem com a situação" após ciberataque

Loading...
Lino Santos, presidente do centro nacional de cibersegurança, faz uma avaliação às medidas que a companhia aérea tem adotado.

Os ataques informáticos a grandes empresas têm aumentado nos últimos anos. A companhia aérea portuguesa TAP foi o recente alvo de um ciberataque, o grupo Ragnar Locker partilhou dados pessoais de 1,5 milhões de clientes na dark web. O presidente do centro nacional de cibersegurança explica os motivos pelos quais este tipo de ataques se têm tornado tão frequentes e partilha medidas de prevenção que podem ser adotadas por empresas e consumidores.

O ciberataque a empresas tornou-se uma tendência porque há uma maior dependência digital, assim como uma maior densidade digital, começa por explicar Lino Santos, presidente do centro nacional de cibersegurança. Estas condições são propícias a hackers mais sofisticados, que passam a intensificar o ciberataque.

Ainda assim, Lino Santos chama à atenção para uma posição defensiva, da qual a maior parte das empresas não dispõem: “recursos humanos qualificados em cibersegurança”.

Questionado sobre a conduta da TAP após o ataque informático, Lino Santos considera que a empresa "está a lidar bem com esta situação", tendo em conta que tem informado clientes, colegas e parceiros do ataque informático.

Visto que dados pessoais como morada, e-mail e contacto telefónico estão na dark web, a situação é particularmente alarmante para os clientes da TAP. Por isso, a empresa tem “feito aconselhamentos do que fazer relativamente aos dados que foram exfiltrados”, como alterar as password, assim que o agente de ameaça for expulso das plataformas.

A prevenção é a chave neste tipo de situações. Por isso, os próprios utilizadores são aconselhados a não partilharem as credenciais, a utilizarem credenciais distintas para serviços distintos e a recorrer a credenciais com diferentes níveis de complexidade conforme o valor do serviço a que estiver a aceder, explica Lino Santos.

Últimas Notícias
Mais Vistos