País

Maus-tratos a idosa: a mensagem da Misericórdia enviada aos familiares dos utentes

Idoso
Idoso
Halfpoint Images
A provedora da Santa Casa da Misericórdia de Boliqueime reforça que o caso denunciado foi uma “falha pontual” e afirma que está “provado” que a instituição tem “bom funcionamento”.

A Santa Casa da Misericórdia de Boliqueime, instituição que gere o lar onde foram denunciados maus-tratos a uma idosa, enviou uma mensagem aos familiares dos utentes com justificações sobre o caso. O texto, assinado pela provedora, pretende dar resposta às dúvidas e desconfiança “sobre os serviços e ação” da instituição. Esta sexta-feira, os familiares dos utentes procuraram explicações junto da instituição, mas sem sucesso.

Sílvia Sebastião sublinha que está a decorrer “um processo de inquérito” para “averiguar até às últimas consequências todos os factos que têm sido denunciados e amplamente difundidos pela comunicação social”. Garante ainda que se trata de “uma falha pontual”.

“Tudo aponta para que o caso que tem sido noticiado se trate de uma falha pontual cuja responsabilidade está a ser apurada, quer através de inquérito interno, quer através das autoridades competentes e de tutela com as quais a Santa Casa da Misericórdia de Boliqueime colabora, como sempre fez”.

Loading...

A provedora da instituição afirma ainda que “se encontra provado que a Misericórdia tem um bom funcionamento e tem garantido a qualidade dos seus serviços, cuidados e bem estar” dos utentes – que são familiares dos destinatários desta carta.

“Quero afirmar e assegurar com toda a confiança que as paredes desta instituição são testemunhas do trabalho, da disponibilidade, do cuidado e do carinho da esmagadora maioria dos nossos funcionários, dirigentes e voluntários que transparecem em cada ato e cuidado aos nossos utentes”, pode ainda ler-se.

Sílvia Sebastião agradece ainda o “apoio sentido” por parte dos familiares e a “confiança par continuar a cuidar de quem mais precisa”.

Últimas Notícias
Mais Vistos