País

Utentes com sintomas ligeiros devem dirigir-se aos serviços de cuidados primários

Loading...

As urgências dos hospitais estão a registar um elevado número de casos diário.

Como acontece em Lisboa, no Hospital de Santa Maria, no Porto, o Hospital de São João apresenta uma grande afluência às urgências. O número de casos atingiu o máximo de 1.011 num só dia.

A diretora do serviço de urgência do Hospital de São João, Cristina Marujo, explica que o aumento de casos nas urgência é habitual nesta altura do ano, devido às infeções respiratórias. Porém, a maioria dos utentes revelam sintomas ligeiros e, por isso, tratam-se de casos não urgentes.

As pessoas que apresentam dor de garganta, febre, sintomas de gripe, em que a “maior parte da população sabe o que fazer”, devem recorrer aos serviços de cuidados primários ou entrar em contacto com a linha do SNS, antes de se dirigirem para as urgências de hospitais.

O Hospital de São João regista o segundo maior número de casos este ano, 1.011 num só dia. Na última semana há uma afluência de cerca de 850 casos, em média, mas 40% são casos não urgentes. No ano passado, este valor ronda os 760 casos.

Últimas Notícias
Mais Vistos