País

Costa nega acusação do ex-governador do Banco de Portugal e garante avançar para os tribunais

Loading...
Num livro que será publicado na próxima semana, António Costa é acusado de tentar travar o afastamento de Isabel dos Santos do Banco BIC.

O primeiro-ministro, António Costa, diz que exigiu um pedido de desculpas do antigo governador do Banco de Portugal, depois de ter sido acusado de tentar demover intenção de afastar Isabel dos Santos do Banco BIC.

Num livro que será lançado na próxima semana, o antigo governador do Banco de Portugal acusa António Costa de lhe ter dirigido a seguinte frase: "Não se pode tratar mal a filha do Presidente de um país amigo de Portugal".

É uma versão com a qual António Costa não concorda e sabendo da publicação do livro ainda exigiu um pedido de desculpas por parte do ex-governador, mas Carlos Costa manteve a palavra.

Como o ex-governador "não se retratou nem pediu desculpas", o primeiro-ministro garante que vai avançar para os tribunais.

O caso deixa no ar muitas dúvidas e alguns pedidos de explicação. O livro "O Governador", da autoria do jornalista Luís Rosa, do Observador é lançado na próxima semana.

Últimas Notícias