País

Francisco Assis cancela presença e garante que António Costa "não mandou recados"

Francisco Assis cancela presença e garante que António Costa "não mandou recados"

À SIC, Francisco Assis explica o porquê da sua decisão.

Loading...

O presidente do Conselho Económico e Social (CES) ia apresentar esta terça-feira, 15 de novembro, o livro (já polémico) do ex-governador do Banco de Portugal, mas já não vai. Recorde-se que no livro, Carlos Costa acusa o primeiro-ministro de o ter pressionado para proteger a empresária angolana Isabel dos Santos.

À SIC, o presidente do CES garante que não falou direta ou indiretamente com António Costa sobre o assunto mas que entendeu que não devia estar presente tendo em conta o cargo que ocupa e depois de o primeiro-ministro ter anunciado a intenção de processar Carlos Costa.

Contactado pela SIC, depois de o jornal Público ter avançado a notícia, Francisco Assis adianta que falou com Carlos Costa no sábado e que o ex-governador compreendeu as razões que o levam a cancelar a presença.

À SIC, Assis garante ainda que António Costa "não mandou recados" e que esta é uma decisão pessoal.

A apresentação do livro "O Governador", do jornalista Luís Rosa, está marcada para esta terça-feira, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, e será agora feita apenas por Luís Marques Mendes.

“O Governador” tem prefácio de Christine Lagarde, presidente do BCE, e é um testemunho de Carlos Costa sobre as funções que exerceu entre 2010 e 2020 no Banco de Portugal.

Últimas Notícias
Mais Vistos