País

Greve na TAP leva ao cancelamento de mais de 250 voos

Loading...

Tripulantes de cabine param quinta e sexta-feira.

A TAP cancelou mais de metade dos voos programados para esta quinta e sexta-feira, por causa da greve de tripulantes de cabine. Esta paralisação afeta mais de 50 mil passageiros.

A empresa de aviação tem avisado os passageiros com bilhetes comprados para os próximos dias que os seus voos terão de ser cancelados ou antecipados. Muitas das pessoas que iam viajar no final desta semana vieram ao aeroporto à procura de uma solução.

Dois passageiros que tinham como destino os Estados Unidos da América relatam que lhes foi comunicado que, devido à greve, o voo teria de ser antecipado ou então remarcado para mais tarde .

O mesmo aconteceu com uma passageira que partiu do Brasil e tinha como destino Madrid, fazendo escala em Lisboa. Muitos optam por antecipar a viagem, mas, não sendo possível, as opções passam pelo cancelamento ou pelo reagendamento.

Os cancelamentos afetam mais de 50 mil passageiros, mas a transportadora disse que o fez para evitar um impacto ainda maior entre quem ia viajar nesses dias. Ainda assim, estima com isso perder oito milhões de euros em receitas.

Além de dois dias de greve esta semana, o sindicato do pessoal de voo e da aviação civil aprovou pelo menos mais cinco paralisações, a cumprir até ao final de janeiro.

A administração e o ministro das Infraestruturas já reagiram, com Pedro Nuno Santos a pedir um "esforço adicional" aos sindicatos para que se chegue a um entendimento e se evite mais dias de greve. A TAP, por sua vez, garante que continua disponível para negociar.

Últimas Notícias