País

Professores manifestam-se junto a escola em Coimbra contra medidas apresentadas

Loading...

Ministro da Educação apresentou um conjunto de medidas aos sindicatos, numa altura em que os professores continuam em greve.

Dezenas de professores manifestaram-se esta quinta-feira de manhã, na Escola Secundária José Falcão, em Coimbra.

O protesto decorreu durante o primeiro tempo da manhã e a escola não fechou.

A manifestação foi organizada de forma espontânea por vários professores, sem intervenção sindical.

Os docentes pediram obras na escola, melhores condições na carreira docente e a qualidade do ensino. Disseram ainda estar insatisfeitos com as propostas apresentadas na quarta-feira pelo ministro da Educação.

"Houve muita coisa que ele deixou de for a. Não falou de mobilidade por doença, não houve uma única linha acerca dos professores que foram colocados este ano pela mobilidade por doença (…) É vergonhoso", defendeu Artur Costa, professor da escola.

Entre as principais novidades, o Governo pretende aumentar o número de quadros de zona pedagógica, de 10 para 63, reduzindo a sua dimensão, fixar professores nos quadros de escola em 2024, integrar 10 mil docentes ainda este ano, reduzir o recurso a contratados e aumentar as vagas de acesso aos 5.º e 7.º escalões.


Últimas Notícias
Mais Vistos